quarta-feira, 19 de maio de 2010

Som


cantar
é como o ar
cria asas
voa
encolhidinho
esticadinho
até o mar

Um comentário:

Simone Couto disse...

lindo, como um sopro.