terça-feira, 8 de setembro de 2009

Eu...


Pq. Nac. Chapada das Mesas, MA

... e todo o resto,

Desprender-se da órbita em vazio, sem enfins. Apenas poréns que se descosturam em aquarelas; rurais molduras que me vestem: eu, vestida de tudo. Infinitamente, inevitável.

Um comentário: