quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Fondue



Quero fundir o eu-você em inspiração e saudade. Roo as horas à espera dos gestos que se enovelam em esquizofrênico silêncio. Bovinamente. Epidermicamente escorregadios. Ainda crus, perfuramos as verdades que se alisam em memórias.

Um comentário:

ahhhh be disse...

gostei....